terça-feira, 27 de março de 2012 | By: Mel

Não sei como ir


Eu pensei que fosse fácil...
Era só dizer adeus,
e sair acenando com o braço
que toda a nossa
vida fosse simplesmente
rompida como um desatar
de laço...
Porém a dor que sinto
e de deixar-me aos pedaços
Não consigo me ver sem ti
passou de amor,
é como comer,escovar os dentes
e me vestir...
Não me vejo sem teu olhar
não consigo despertar
sem tuas mãos,
caminhar sem tuas pernas,
Acho que nem respirar
consigo...
E a tua dor aumenta 
a minha em mil...
Meu sangue misturou-se
ao teu...
Como diz Chico...
"Errou de veia e se perdeu"
Minha vida, se é vazia
contigo,sem ti...
Ela não tem nenhum sentido,
Não sei como partir...
Como vou existir sem teu
colo e ombro amigo...
Nem sei fazer partilhas,
em tudo que acumulamos,
há amor,luta...nossa vida!
Nem sei se és meu amor,
meu irmão,meu pai,meu amigo...
Só sei ,que por você fui escolhida,
E planejei caminhar contigo,
Pro resto de minha vida...



Mel






1 comentários:

Bia Hain disse...

Oi, Mel. Não é fácil ter que reaprender a viver sem ter quem amamos ao lado.
Entendo o que diz. Um abraço!

Postar um comentário

Se gostar deixe um comentário

Mel