segunda-feira, 23 de abril de 2012 | By: Mel Santos

Enleio - Leio



É o mesmo caminho,
reconheço os atalhos,
cada curva da estrada...
E o ressoar dos chocalhos!

A cor da terra que piso,
as placas que leio e releio,
as cercas por onde passo...
Tantas setas e enleios!

Ah...a mesma vizinhança
à espreita nas vielas...
Uma mão no asfalto...
Um tantinho de cautela!

Esperam a hora do tiro,
torcendo pela queda...
Noutra mão o champanhe,
comemoração de chegada!


Mel




pauleira*




0 comentários:

Postar um comentário

Se gostar deixe um comentário

Mel