segunda-feira, 28 de maio de 2012 | By: Mel Santos

Uma ordem!


Sai desse estado de rocha
e volta logo a ser mar...
Abraça o Sol com as pernas
e lambe as pedras do mar...
Jorra em onda quente n'areia
teu gozo espumoso,
satisfaze-te com o beijo
da Lua em seu olhar
mais formoso...

Nada é tão ruim assim...
O que pesa sob tuas asas?
Nesse gosto de sangue
e de morte...
És um camicase sem causa...
Brincando no ar com a sorte...

Acorda dessa letargia!
Adoça tua boca co'Mel
Vem logo pra poesia...
Ela te espera com flores,
vem retirar-lhe o véu!...

Segura na minha cintura...



Mel




1 comentários:

A.S. disse...

Mel,

Serpenteio por entre
as palavras húmidas...
crio na minha boca
o travo agridoce do desejo!

Beijos...
AL

Postar um comentário

Se gostar deixe um comentário

Mel