quarta-feira, 13 de junho de 2012 | By: Mel Santos

Cara metade



Uma agulha no palheiro
uma busca interminável
de Janeiro - a - Janeiro
Somos muitos e milhões..

Como acertar os ponteiros?
Ser o côncavo do teu convexo
E no cruzar de um olhar
Ver-me...ser Tu o meu reflexo...

Ser o Sol que te alumia
A Lua que resplandece
A noite que te incendeia
O dia que te engrandece...

Como ser Eu pra você?
Como ter o encaixe perfeito?
Só se de novo nascer - mos!
Eu perfeita - Tu sem defeitos!

 

Mel




0 comentários:

Postar um comentário

Se gostar deixe um comentário

Mel