domingo, 1 de julho de 2012 | By: Mel Santos

O que Deus uniu...


bater o pé não me traria
alegria,mas um cadinho de birra
tempera a relação...
Não seria feliz causando-te

dor...Aí sim, perderia de vez
minha paz, acostumei-me
a tua companhia,aos teus ois 
e aos teus ais...tantos anos
de mal humor...rio!
Me resta um consolo,
é em teu ombro
que desfolho minhas
açucenas,inda que não
me respondas,me ouves,
e não raras são as vezes que 
contemplamos a Lua,
o cheiro das alfazemas,
caminhamos descalços n'areia,
ou,de mãos dadas na rua...
na ida ao cinema...
massageias meus pés e meu ego;
e quando me dás o café na cama...
Ah,me entrego!
Quantas vezes me chamas
de tua sereia...Ademais,dormir 
a teu lado não é tão ruim assim...
ainda me incendeias...sabia?
Só de imaginar teu sofrer,
já corro pra te cobrir e
dar meu beijo de boa noite...
Suponho que me amas,embora
teu amor me seja um açoite, 
por ti me sinto guardada...
Afinal,casamento é...
Até que a morte nos separe!


Mel


Licença Creative Commons







0 comentários:

Postar um comentário

Se gostar deixe um comentário

Mel