sábado, 28 de julho de 2012 | By: Mel Santos

teu gosto



Inda que sem
memória...

jamais irei te
esquecer,

teu gosto ficou
em mim: um gosto
nem sei de que,

na minha pele:
as pegadas do
teu ser!

 Mel

Licença Creative Commons


(e ésse som...)





2 comentários:

A.S. disse...

Meu beijo...

Anônimo disse...

Oi, Mel, tem pessoas que são assim, passam por nós deixando pegadas, digitais, marcas indeléveis. Um abraço!

Postar um comentário

Se gostar deixe um comentário

Mel