sábado, 28 de julho de 2012 | By: Mel Santos

teu gosto



Inda que sem
memória...

jamais irei te
esquecer,

teu gosto ficou
em mim: um gosto
nem sei de que,

na minha pele:
as pegadas do
teu ser!

 Mel

Licença Creative Commons


(e ésse som...)





2 comentários:

A.S. disse...

Meu beijo...

Bia Hain disse...

Oi, Mel, tem pessoas que são assim, passam por nós deixando pegadas, digitais, marcas indeléveis. Um abraço!

Postar um comentário

Se gostar deixe um comentário

Mel