quarta-feira, 22 de agosto de 2012 | By: Mel Santos

Em ti e por ti


  
Adoro me ver no cristalino de
teu olhar... no pulsar de tuas
veias... Em ti renasço mulher,
deusa,menina,anjo e feiticeira
me fazes sentir o doce gosto
da plenitude... Se teus abraços
fossem um ataúde...eu queria

morrer em ti...amiúde!

E em minha lápide escreveria
assim: Aqui jaz,nos braços ternos
e eternos do meu amor,tenho em 
morte o que a vida me negou!Em paz!

 
Mel



Licença Creative Commons



Para tu amor no hay despedidas
Para tu amor yo solo tengo eternidad...















3 comentários:

Luis Eduardo Pirollo disse...

Bom dia minha querida amiga Mel!!!
Lindíssima minha amiga, parabéns, adorei!!!
Tenha um lindo e feliz dia!!!
Abraços com carinho e muita paz!!!

Anônimo disse...

Um poema tocante, ardente
Sendo eu um ataude
Você com certeza seria
O mais bem recebido
Corpo para juntos
Em decomposição
Recriamos poesias
De paixão...

BEIJOS SELBAGENS.

Mel Santos disse...

Boa tarde amigo Eduardo,és um cavalheiro!
Obrigada pela gentileza...

Um doce abraço!

Postar um comentário

Se gostar deixe um comentário

Mel