domingo, 6 de maio de 2012 | By: Mel Santos

Meu desejo


 Tens o sabor da luxúria
- a consistência do pecado
O encaixe perfeito...não sou
mais lamúria, meu pedaço
rosado - cor do desejo
- por mim venerado!

 
És somente meu,intocável
tocado...Te batizo Raul -
- ilustre combatente!

 
Rá - meu sol do meio dia
Fogo de minha carne latente
Ul
- uivo de loba clamando
à Lua - auuuuuuuul!
Teu nome abreviado!

Sou tua - és meu Raul!

  Mel




1 comentários:

Bia Hain disse...

Oi, Mel, mais uma poesia intensa, estará você apaixonada para tamanha inspiração? Um abraço!

Postar um comentário

Se gostar deixe um comentário

Mel