quarta-feira, 4 de julho de 2012 | By: Mel Santos

Te esperando



Tantas janelas 
abri inutilmente...
Querendo te ver passar!
Quando bastava uma,
uma somente...

E no labirinto de minh'alma
me perdi! Deixei a vida passar,
passei a não existir...

Correndo pra lá e pra cá...
Perdi minha vida na janela
sem nunca te ver chegar!


Mel



Licença Creative Commons


[A música é a arte que mais se aproxima de Deus...]




perfeita!



7 comentários:

Antonio C M Macedo disse...

Mel
Todos nós abrimos estas janelas durante as nossas vidas e até hoje continuamos nelas a esperar. Muito obrigado por me lembrar disso, me faz lembrar que sou um ser capaz de amar e de esperar.
Um forte abraço

Mel Santos disse...

Pois é meu amigo,as vezes esperamos coisas que não são pra nós...deve ser isso...
Um abraço!

Sissym disse...

Mel, as vezes esperamos tempo demais, precisamos saber quando parar com isso.

Adorei ouvir esta musica.

Beijos

mauro brondani disse...

Oiii Minha amiga Mel muito lindo e intenso...esperar muito por algo que as vezes não é para nós mesmo lutando muito para isso nos tira o melhor de nossas vidas,juventude,nosso brilho,nosso amor próprio!!!
beijão querida!

Mel Santos disse...

Boa noite!
Sissym,tem toda razão,mas a poesia só é bela pela intensidade de emoção que carrega,nela tudo é verdade, até o momento de brotar na folha...
Um beijo querida!

Mel Santos disse...

Boa noite Mauro!
Vale o mesmo...

O poeta é um fingiDOR.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é DOR
A DOR que deveras sente.

A poesia é a verdade do poeta...ou não!

Beijos amigo Mauro!

Giancarlo disse...

Stupenda questa tua poesia!! ciao

Postar um comentário

Se gostar deixe um comentário

Mel