terça-feira, 3 de julho de 2012 | By: Mel Santos

Ó Lua

 
Ó Lua

Que estado interessante estás,
passeias bela por sobre o mar,
apagas o brilho das estrelas...
Só tu que queres brilhar?...

Serpenteias e se banhas nágua,
chegando quase surfar...
Ó Lua, menina traquina
Tudo que sabes fazer é brincar?

Encantas os apaixonados,
inspirAção dos poetas,
cintilas a noite dos gatos,
e os lobos no cio uivam por ela!

Ó Lua mais atrevida! Despertas desejos
nos amantes,e os sonhos que em meu peito
palpita,tu - que me roubas nessa saudade...
Vê se me levas pra ele n'outra vida!


Mel



Licença Creative Commons





4 comentários:

Expedito Gonçalves Dias disse...

Doce Mel, como toda alma de poeta também se apaixona pela lua...
Lindo texto. Tenho vários sobre a lua. Passe para dar uma espiada. Abraços!

Antonio C M Macedo disse...

Seus poemas nos falam diretamente ao coração, fazem aflorar as emoções escondidas e explodir aquelas que já estavam a flor da pele.
Um forte abraço

Mel Santos disse...

Bom dia!
Expedito - A Lua exerce poder sobre tudo e todos,encanta!...Obrigada pela delicadeza do comentário,irei sim,muito em breve e com calma,prepare um cafezinho,obrigada pelo convite,ando um pouco atarefada,um grande abraço!

Mel Santos disse...

Bom dia!
Antonio - Minha poesia faz aflorar emoções porque escrevo-as no calor das emoções,um grande abraço,obrigada por seu doce comentário!

Postar um comentário

Se gostar deixe um comentário

Mel