terça-feira, 10 de julho de 2012 | By: Mel Santos

Um amor e uma cabana

 
Sem promessas...

Só desejos e mil sonhos...
E todos os amanhãs meu amor,
eu te proponho...

Plenos de Sol,mas se chover, amor,
ainda assim serei feliz,pois,serás meu
arrebol e tua mão estará em meus quadris!
Sem promessas...
Somente o teu perfume,e teu gosto doce
que eu suponho...

Sem promessas...

Só amor e uma cabana,os teus e os meus sonhos...
E teu jeitinho de me olhar meio sacana...
É assim que eu te sonho...alegre,poético,
risonho!

Querendo todos meus beijos com a pressa do tempo que
não nos pertecemos,com um tesão medonho!
E na ânsia das horas que nos afasta...
Sem promessas amor...
Respirar o mesmo ar que tu respiras, já me basta!

Inda,que sem promessas,há meu amor, o afã de te cuidar!
Sem promessas...prometo somente te amar!

 
Quero olhar o mesmo horizonte da mesma rede...
Ouvir o cantar dos pássaros,me aconchegar
em teus braços,e em meu colo aliviar-te
do cansaço...Deixa eu enfiar meus dedos em 

teus cabelos,cheirá-los fio-por-fio e suspirar
os meus anelos... 
 
Ainda assim,amor ...

...sem promessas...eu te assevero!
...guiarei tua mão,quando
a vida ter for um escuro

até estarmos bem velhos!
Confesso,não é uma promessa,
...é um sonho de amor,eu juro!


Mel



Licença Creative Commons



sonhos...





4 comentários:

ELAINE disse...

Poesia linda e doce! Sentimentos profundos, sonhadores e delicados! Uma quarta-feira iluminada!
Abraço fraterno e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

musicas disse...

Eu amei de mais

Claudemir Resende disse...

Mel, da sua pena só sai doçuras e chamas envolventes, lindo esse poema, adorei!

Mel Santos disse...

Boa noite!
Elaine - obrigada,sonhos de poeta...somente,beijos!

Músicas - Grta pela visita,um abraço!

Claudemir - obrigada pelo carinho, um abraço!

Postar um comentário

Se gostar deixe um comentário

Mel