sexta-feira, 10 de agosto de 2012 | By: Mel Santos

Teu desejo


  
Teu último desejo será assim:
Deitarás em meus braços,em
uma de tuas noites de agonia,
dormiremos pelo cansaço, tão

somente - por falta de energia...

Será uma manhã chuvosa-fria,
acordarei ainda mais só,sem a
tua companhia!Oh!Quanto pedi!

Quanto tentei...em vão! Até que

entendi e calei a voz do coração
Vi! Nossas horas eram distintas;
Enquanto casavas,eu vinha à luz!

Hoje,amargo à carne pelo atraso do

nosso encontro! Me consumo pela
revolta que me arrebata e nas noites só...
                             [E eu me amedronto!]

(teu desejo: morrer em meus braços,
meu desejo: viver em teus braços...
Ah!...Só desencontros!...Porém,até o fim!)
 

Mel




Licença Creative Commons


A mísica que gostas e lembras de mim...













2 comentários:

Claudemir Resende disse...

Lindo Mel! Um beijo!

Anônimo disse...

E norrer nos braços de sua guerreira não seria renascer para os perfeitos idílios do amor? Beijos venemosamente poeticos.

Postar um comentário

Se gostar deixe um comentário

Mel