segunda-feira, 11 de março de 2013 | By: Mel Santos

Minha poesia,minha fuga


Lembra por que nasci?
Para dizer que amo-te
em poesia,
Para rimar nossos dias
com alegria,
Para extravasar o voo do
pensamento.


O assopro do pé d'orelha,
a mão:a qual tocou-me a
cintura,
As tardes:que navegamos
parelha.


Lembrou que nasci por
você?
 

[Minha Poesia, aqui é seu altar 
e meu refúgio]


Mel



 Licença Creative Commons



0 comentários:

Postar um comentário

Se gostar deixe um comentário

Mel