quarta-feira, 25 de abril de 2012 | By: Mel Santos

Vício

Nos momentos que não estás
pesa-me a tua ausência
é tamanha a dor que sinto
uma incurável doença...

Uma droga que necessito,

sofro pela abstinência!

És minha religião - meu trago

e minha yôga! És minha calma
e confusão - o que está feito,
usável e fora de moda...

Luto! Porém não posso evitar...

Minha sina e meu vício
é teu amor e te amar!



Mel




1 comentários:

Bia Hain disse...

Mel, meu amor também me chega como um vício, o afastamento me provoca não só dor emocional como física também. A saudade é o principal sintoma da abstinência. Um abraço!

Postar um comentário

Se gostar deixe um comentário

Mel