sexta-feira, 20 de julho de 2012 | By: Mel Santos

Tu sabes que é amor


O ciúme de ti me envenena,
a viver na angustia da traição,
a incerteza dos dias me condena,
e enlouqueço nessa minha solidão!

Tu sabes que te tenho um amor tão
grande,cujo amor,mal cabe em meu coração! 

Quero-te a meu lado a todo instante...
Quero-te meu amor,segurando minha mão!

És o meu gosto preferido,o sabor que agrada
meu paladar,te embrenhas-te a minha existência
como se eu tivesse nascido só pra te amar!
Cada vez que tu me vira as costas,morro,

                                         por um dia sem sonhar!]
 
Queria gritar ao mundo que te amo,porém,
o destino inda não me permitiu,sussurro
coladinho ao teu ouvido...se der tempo,
meu amor...se nosso amor ainda não partiu!



( Te extraño,mi amor.)



Mel

 
Licença Creative Commons





2 comentários:

Claudemir Resende disse...

Tristemente lindo, Mel. Beijos!

Alexsandro Menegueli disse...

Amar alguém é algo indescritível!O amor possue forças descomunais capazes de nos libertar dos calabouços mais profundos...Somente ele clareia nossos caminhos obscuros e injeta em nossas veias a essência da alegria...Gosto muito de ler belas poesias de amor,embora tenha feito nos últimos dias sobre tristeza,desilusão...Parabéns mais uma vez pelo seu carinhoso e reconfortante cantinho!Abraços e bjs.

Postar um comentário

Se gostar deixe um comentário

Mel