domingo, 12 de agosto de 2012 | By: Mel Santos

Tsssss

 
 
À espreita...
esgueira-se
pelos entornos,

prova o gosto do ar

na língua,

no olhar verde oliva

a emulação...

sibila por todo canto,

no entanto,
envenena-se com
a própria saliva!



Mel

 

Licença Creative Commons










1 comentários:

Anônimo disse...

Sibila, sintila e estremece, essa serpente anseia a espada do Guerriero que a domina e que a fascina. Beijos venenosamente poeticos MEL.

Postar um comentário

Se gostar deixe um comentário

Mel