sábado, 1 de dezembro de 2012 | By: Mel Santos

Tu e Eu


O que pode separar-me de ti?
além da realidade das horas,
do vento norte que passa aqui...
das Luas que vão embora...

das palavras que não dissemos,
dos toques perdidos no universo,
dos cheiros que não sentimos,
e daquele teu amor pregresso...

E o que pode juntar-me a ti?
O nosso encontro primeiro,
o teu olhar preso ao meu...
sob o branco do travesseiro!

as minhas mãos pelas manhãs,

em busca do teu desejo,minha
boca em tua boca:conúbio de um
"beijo longo"...



Mel

 


Licença Creative Commons







A lógica do vento
O caos do pensamento
A paz na solidão
A órbita do tempo
A pausa do retrato
A voz da intuição
A curva do universo
A fórmula do acaso
O alcance da promessa
O salto do desejo
O agora e o infinito
Só o que me interessa.







1 comentários:

Malu disse...

Puro amor!! Achei belo o seu poema...
Abraços

Postar um comentário

Se gostar deixe um comentário

Mel