segunda-feira, 21 de janeiro de 2013 | By: Mel Santos

Desejo-te



Desejo teu suave desejo,
e teu desejo de dor,
Desejo pisar em teu dorso;

Desejo tua alvorada,
 
enlaçar teu pescoço,
fazer-me tua estrada,
fazer de ti meu amor...


Desejo aninhar-te em meu peito,
e fincar-me ao teu, feito punhal,
desejo o teu beijo molhado e teu
cheiro de chuva perfumamdo-me.

Desejo tua voz sussurrada a inundar
meus sentidos, num gôzo perene-real.
Desejo teu jeito sofrido...urros de fera!
Sol da minha noite dum sonho cabal...





Simplesmente  - desejo-te !
 
Licença Creative Commons











5 comentários:

Henrique Caldeira dos Santos disse...

Intenso e muito bom!

nibrujasniprincesas.blogspot.com.es/ disse...

Me ha gustado , muy romántico, besos,ana.

Mel Santos disse...

Obrigada Henrique,um abraço!

Mel Santos disse...

Ana - Gracias por su participación en mi Blog,besos.

Vivi disse...

Poderoso o poema. A poesia torna o mundo muito mais bonito.
Gostei do blog e já marquei lugar.
Bjs
Vivi
http://esquecimedeviver.blogspot.pt/

Postar um comentário

Se gostar deixe um comentário

Mel